Sigame

O grupo China National Offshore Oil Corporation (CNOOC) vai comprar 1,5 milhões de toneladas anuais de gás natural a ser extraído e processado em Moçambique durante um período contratual de 13 anos, informou o grupo americano Anadarko Petroleum.

O comunicado informa ainda que o contrato de compra e venda foi assinado pela Mozambique LNG1 Company Pte. Ltd., a empresa de comercialização dos parceiros do bloco Área 1 de Moçambique, com a subsidiária do grupo chinês CNOOC Gas and Power Singapore Trading & Marketing Pte. Ltd.

Mitch Ingram, vice-presidente executivo com o pelouro internacional, águas profundas e prospecção, afirma no comunicado que o acordo assinado com o grupo CNOOC é mais um de um conjunto crescente de clientes na região Ásia-Pacífico, “demonstrando os progressos que estamos a efectuar no sentido de ter uma decisão final de investimento ainda no primeiro semestre de 2019.”

O projecto de exploração de depósitos de gás natural daquele bloco da bacia do Rovuma, operado pelo grupo Anadarko Petroleum, disporá de duas centrais em terra com uma capacidade conjunta de 12,88 milhões de toneladas por ano para processar o gás natural extraído nos campos Golfinho/Atum.

O bloco Área 1 é operado pela Anadarko Moçambique Área 1, Ltd, uma subsidiária controlada a 100% pelo grupo Anadarko Petroleum, com uma participação de 26,5%, a ENH Rovuma Área Um, subsidiária da estatal Empresa Nacional de Hidrocarbonetos, com 15%, Mitsui E&P Mozambique Area1 Ltd. (20%), ONGC Videsh Ltd. (10%), Beas Rovuma Energy Mozambique Limited (10%), BPRL Ventures Mozambique B.V. (10%), and PTTEP Mozambique Area 1 Limited (8,5%). 

Fonte: Macauhub, 04/02/2019

Selecione por país

Efetuar Login

Ainda não tem acesso? Registe-se

Esqueceu a sua password? Recuperar Password

Agendar compromisso

Tipo de contacto *

Data/Hora *