Sigame

O Primeiro-Ministro e Chefe do Governo, Patrice Emery trovoada, assegurou este domingo, em entrevista aos órgãos estatais da comunicação social, que as reformas do estado vão continuar, independentemente, de nos aproximarmos do período eleitoral.

 

Patrice Trovoada entende que se deve encontrar uma justiça salarial e que está determinado a fazer o que deve ser feito para repôr a normalidade das coisas, citando como exemplo a reforma social.

O corte das relações “unilaterais” com a República da China-Taiwan conforme sublinhou o Chefe do Executivo não vai afectar os grandes projectos estruturantes do País, tendo ressaltado uma vez mais que os bolseiros depois de Janeiro vão continuar os seus estudos na República Popular da China.

Reagiu às críticas feitas ao Governo sobre o empobrecimento do empresariado nacional e da restrição do comércio aos estrangeiros, assegurando por outro lado, que nas próximas semanas vão ser entregues aos jovens seleccionados, os créditos referentes ao empreendedorismo,  mostra-se conscientes que se trata de uma operação de “alto risco”.

Referindo-se à salubridade pública, Patrice Trovoada afirmou que a concentração do lixo que muitas das vezes é notória na Cidade-Capital, deve-se também à falta de civismo de algumas pessoas e que depois da conclusão do Mercado de Bôbô-Fôrro, serão paulatinamente tratados outros problemas.

A nível turístico, apontou os grandes passos já dados neste domínio e ressaltou os entraves no seu desenvolvimento, reafirmando que em 2017 o País vai descolar com os projectos aeroportuários cujos dossiers estão numa fase avançada, e com a chegada para breve de muitas empresas chinesas que manifestaram o interessa em trabalhar e ir também a busca de investimentos para as grandes infraestruturas.

Fonte: Rádio Nacional de São Tomé e Príncipe, 09/01/2017

Selecione por pais

Efectuar Login

Ainda não tem acesso? Registe-se

Esqueceu a sua password? Recuperar Password

Agendar compromisso

Tipo de contacto *

Data/Hora *